1 de maio de 2011

Gelo ou calor?

Regra básica, quando existe um processo inflamatório use gelo. Quando não existir pode usar calor. A regra também tem exceções, tumor, feridas, região lombar de gestante é contra-indicado utilizar calor.

GELO
Quando ocorre uma entorse de tornozelo (entorse são as torções articulares), existe um processo inflamatório que é uma reação de defesa normal do organismo, em que aumenta a circulação, mandando células de defesa para o local acometido. É caracterizado pela DOR, CALOR NO LOCAL, VERMELHIDÃO, EDEMA (inchaço) e PERDA DA FUNÇÃO, não necessariamente todos os sintomas estão presentes. Quando existe um processo inflamatório, por exemplo, uma entorse de tornozelo, é importante usar o gelo, para promover uma vaso constrição, que é a diminuição do calibre dos vasos sanguíneos e ajuda diminuir os efeitos desagradáveis do processo inflamatório. É indicado usar o gelo no máximo 15 minutos, o uso prolongado pode queimar a pele.


CALOR
O calor já produz o efeito contrário, promove uma vaso dilatação que é o aumento do calibre dos vasos, aumentando a vascularização no local. Por exemplo, uma pessoa com dor na lombar por tensão muscular, é indicado usar o calor, pois pela tensão muscular existe uma diminuição da circulação sanguínea no local, principalmente em regiões com nódulos de tensão. Outro fator importante é que o músculo depois de aquecido é mais facilmente alongamento, igual a um plástico que é deformado com o aquecimento. É sempre muito importante tomar cuidado com as queimaduras, principalmente pessoas que tem diminuição de sensibilidade.

O mais indicado é sempre ter a orientação de um médico ou fisioterapeuta, para saber a causa da dor ou alteração, pois o gelo ou calor são um dos recursos utilizados dentro de um programa de tratamento, mas não resolvem a causa do problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário